Documentário mostra os horrores pelos quais cobaias são submetidas na Ciência e no Ensino

0

As imagens foram todas feitas no exterior porque segundo a ativista Nina Rosa Jacob (fundadora do instituto Nina Rosa) empresas e universidades brasileiras que utilizam animais não permitiram a entrada da equipe. Além das imagens, há depoimentos de pesquisadores, filósofos, biólogos, médicos, alunos e professores de ciências médicas.

Estima-se, diz ela, que cem milhões de animais morram por ano no mundo em razão dos testes. “Na Europa, a cada três segundos morre um em laboratório”. Ela diz que a Inglaterra não usa animais vivos para a formação de médicos desde 1886. e que nos Estados Unidos, universidades como Harvard e Yale aboliram a utilização de bichos.

Para Nina, o aluno que aprende com a morte de animais fica insensibilizado: “Ele passa a banalizar a morte”.

Compartilhar

Deixe um comentário